APS

É com grande entusiasmo e satisfação que se comunica que foi finalmente criada a Associação Portuguesa do Saxofone – APS!
É para todos notório a grande evolução que a prática pedagógica e, consequentemente, a prática artística, sofreu nos últimos 25 anos em Portugal. Começando pelo grande crescimento do número de jovens a estudar música, a abertura de muitas novas escolas, a abertura do mercado de trabalho (ainda com uma oferta muita muito curta para a procura existente), o aparecimento de novas oportunidades e o inevitável crescimento do nível artístico, como acima referido, equiparando Portugal ao melhor se faz em qualquer parte do mundo.

O nosso instrumento não é exceção, bem pelo contrário, é bem conhecido o reconhecimento internacional que a já chamada “Escola Portuguesa de Saxofone” tem a nível internacional, quer pela mão dos jovens estudantes quer pela mão dos excelentes músicos saxofonistas que temos.
É assim, neste âmbito, que surge a APS – Associação Portuguesa do Saxofone, uma associação sem fins lucrativos, criada em finais de 2016 por um grupo de saxofonistas, professores, amigos, que resolveu levar a cabo a criação de um projeto há muito pensado. A sua missão assenta no apoio e dinamização do saxofone em Portugal, na esperança de se poder constituir como uma plataforma íntegra e imparcial de apoio aos profissionais do saxofone, aos estudantes de saxofone, aos amadores do saxofone ou simplesmente aos seguidores e amantes do saxofone.

A APS começou já com um grande desafio, o acolhimento do maior evento saxofonístico da Europa, o Congresso Europeu de Saxofone – EURSAX. Este é um evento itinerante, trianual e que tem como comité artístico: Claude Delangle (Conservatório Superior de Música e Dança de Paris), Arno Bornkamp (Conservatório de Amesterdão), Alain Crepin (Conservatório de Bruxelas), Lars Mlekusch (Conservatório de Viena e Universidade de Zurique), Marco Gerboni (Conservatoório de Ferrara – IT), Miriam Castellanos, Henrique Portovedo (Conservatório de Aveiro) e o Presidente Francisco Martinez (Real Conservatório de Madrid). O EURSAX 2017 é acolhido em Portugal pela organização da APS, com uma equipa de trabalho constituída por: Francisco Ferreira, Henrique Portovedo, João Pedro Silva, Gilberto Bernardes, Mário Marques, Luís Ribeiro, Carlos Canhoto, Isabel Anjo e Ingrid Van Asch.

Para ser sócio da APS-Associaão Portuguesa do Saxofone preencha e envie a ficha de inscrição em http://www.eursax.eu/registo-na-aps/

Neste início de vida a APS oferece já algumas vantagens em associar-se:

  • 10% de desconto nas futuras edições dos principais festivais e concursos de saxofone Portugueses em que a APS é parceira, nomeadamente: FISP, Palmela; AveiroSaxFest; Academia Internacional do Saxofone; SaxOporto;
  • Descontos em todas as actividades e edições organizadas ou em cooperação com o APS;
  • Protocolos com a L’A.SAX – Association des saxophonistes (France);
  • Fazer parte do crescimento de uma associação inclusiva que tem com principal objetivo a promoção nacional e internacional da criação saxofonística de origem Portuguesa.